José Fiscal toma conhecimento em primeira mão da evolução do projecto LIFE ETAD

A Consejería de Medio Ambiente y Ordenación del Territorio de la Junta de Andalucía participa, em conjunto com a Universidade de Huelva e a empresa Sacyr Construcción, no projecto LIFE ETAD que permitirá a construção e implementação de uma nova estação de tratamento de águas provenientes de drenagens de ácidos de minas. O vereador, José Fiscal, visitou as obras que tiveram início no princípio de Novembro e se estenderão por um período de 3 a 4 meses, dependendo do volume de pluviosidade durante o Inverno. O projecto LIFE ETAD conta para tal com um orçamento de 2,6 milhões de euros.

Fiscal destacou a importância de um projecto que permitirá a resolução do problema de contaminação proveniente da intensa actividade da bacia mineira na província de Huelva. Segundo o titular da pasta do Meio Ambiente, “pode supor um grande avanço na minimização dos impactos ambientais da indústria mineira. Pala além disso, a validação deste sistema de tratamento permitirá a exportação desta tecnologia para outros territórios europeus.” Da mesma forma, o conselho afirmou que “a Junta da Andaluzia defende há anos uma exploração mineira sustentável e o impulso da economia baseado no conhecimento e o I+d+i, em conjunto com esta iniciativa, é um novo exemplo disso”.

Actualmente, os trabalhos que se executam no terreno consistem no movimento de terras anterior ao início da construção dos diferentes elementos que constituirão a instalação. Esta irá dispor de diversos depósitos que contêm um material reactivo que permitirá o tratamento das águas logo que estas realizem todo o circuito de depuração. O desenho dos equipamentos da instalação foi pensado para um funcionamento por meio de gravidade, evitando assim o consumo eléctrico nas instalações.

A instalação localiza-se na localidade de Mina Concepción, município de Almonaster la Real em Huelva, local que foi considerado óptimo para testar este sistema de depuração, que permitirá oferecer uma solução para a contaminação que deriva da intensa actividade de outrora na bacia mineira de Huelva e cujos efeitos se observam principalmente nas águas superficiais no rio Odiel, não obstante a degradação também se repercutir nas águas subterrâneas.  

O final das obras marcará o momento da aplicação do projecto LIFE ETAD, bem como o acompanhamento e avaliação dos resultados do processo de depuração, com o objectivo de determinar a viabilidade do sistema para solucionar as drenagens ácidas da mina. Segundo testes realizados durante a fase de estudo, o grau de depuração das águas é adequado à sua reutilização para regadio, por exemplo.  

O projecto LIFE ETAD

O projecto LIFE ETAD surge na sequência das investigações dos últimos anos elaboradas com o objectivo de apresentar soluções possíveis por meio do tratamento passivo das descargas ácidas. As drenagens ácidas da mina são águas que sofrem uma alteração do seu PH para valores ácidos e que se verificam nas zonas onde houve actividade mineira.

A Consejería de Medio Ambiente y Ordenación del Territorio de la Junta de Andalucía está presente neste projecto através da Agencia de Medio Ambiente y Agua, entidade encarregue da concepção desta instalação. Por seu lado, a empresa Sacyr Construcción lidera o projecto e é o sócio responsável pela execução das obras, enquanto que a Universidade de Huelva contribui com conhecimento e investigação relativos ao sistema de depuração passivo, que vai pela primeira vez ser experimentado neste projecto. 

 

Fonte:  Revista Técnica de Medio Ambiente

Prueba de mapa de imágenes sacyr uhu uhu

Proyecto LIFE | Redes sociais | Contact