As amostragens confirmam o êxito da técnica de tratamento passivo de águas derivadas da actividade mineira

Os resultados do primeiro ano de funcionamento da estação experimental de tratamento de águas situada em Mina Concepción são muito favoráveis ao projecto LIFE ETAD

O balanço do primeiro ano de funcionamento da estação de tratamento passivo de Mina Concepción (Huelva), construída no âmbito do projecto Life ETAD, não podia ser mais positivo. Treze amostras completas foram sendo analisadas, bem como interpretado o comportamento das descargas ácidas sob tratamento e depuração na estação. Tanto assim é que, após a intervenção num total de 20.225 metros cúbicos de descargas ácidas, foi possível eliminar a totalidade dos compostos de ferro, arsénico, crómio, alumínio, cobre, chumbo, zinco, cádmio e magnésio, para além de 95% do cobre e níquel e até 68% de sulfato. Aliás, a descarga decorrente do processo de depuração, resultou num ph superior a 7, a condutividade eléctrica foi reduzida a menos de metade e, em resumo, a estação de tratamento granjeou converter águas ácidas contaminadas em água inteiramente alcalina.

As drenagens ácidas da mina são águas que sofrem uma alteração do seu PH para valores ácidos e que se verificam nas zonas onde houve actividade mineira. Tendo em conta que a bacia do rio Odiel alberga águas das mais contaminadas do mundo, é neste ambiente que está em processo de validação uma tecnologia experimental desenvolvida pela Universidade de Huelva, que consiste na depuração destas águas por meio de um tanque reactivo e cisternas decantadoras ligadas em serie, para onde a água é conduzida.

O projecto Life ETAD, cujo 50% do financiamento tem origem em fundos comunitários, foi o impulsionador da construção da estação de tratamento de águas ácidas em Mina Concepcíon, em parceria com a Universidade de Huelva, da empresa Sacyr e da Agencia de Medio Ambiente y Agua de Andalucía.A estação foi inaugurada no inicio de Abril de 2017, começando desde logo a intervenção nas principais descargas da área. Não obstante a interrupção a que se viu forçada durante o verão pela ausência de caudal suficiente, o sucesso dos resultados ultrapassou as expectativas iniciais e o impacto do interregno nas actividades foi nulo.

A instalação de Mina Concepción dispõe de diversos depósitos com um material reactivo que permitirá melhorar a qualidade das águas, uma vez realizado todo o circuito de depuração. O desenho dos equipamentos da instalação foi pensado para um funcionamento por meio de gravidade, evitando assim o consumo eléctrico nas instalações. Com esta estação, o projecto Life ETAD pretende solucionar a baixo custo o problema das águas provenientes de descargas ácidas de minas. Da mesma forma, poder-se-á dar continuidade ao projecto com a reutilização dos resíduos derivados do processo de depuração, - resultado da mistura de material radioactivo com os metais decantados -, já que se tratam de elementos de grande interesse para usos industriais e tecnológicos.

Prueba de mapa de imágenes sacyr uhu uhu

Proyecto LIFE | Redes sociais | Contact